Palavras de força, fé e calma para o Exame de Ordem - Portal de notícias CERS

Palavras de força, fé e calma para o Exame de Ordem

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Prezadas alunas e alunos do CERS e Portal Exame de Ordem…

 

Não sou operador do Direito, nem douto sabedor de quaisquer ciência jurídica. Porém, como jornalista, sou obrigado a aguçar meu poder de observação e síntese das coisas, para assim transformá-las em notícia, se for o caso. Nesse “impirismo” natural da profissão, é com alegria que observo e comprovo o esforço de vocês na “batalha da OAB”. Aprendi ao longo de minha vida que temos respostas e soluções para quase tudo dentro de nós mesmos. Portanto, acreditem, façam a prova neste domingo, tirem logo essa carteirinha de advogado e me convidem para a comemoração.

 

Nestes dias finais de preparação para primeira fase, quero direcionar a todos vocês os meus melhores desejos de boa sorte e meus mais sinceros e doces pensamentos, recheados de fluidos positivos. Não sou tão bom quanto o superman da OAB ou tão sabido e eclético quanto o professor Geovane, mas aprendi a admirar o alunado. Aprendi a ver a beleza daqueles que, mesmo cansados, erguem os olhos e buscam dirimir suas dúvidas. Hoje, não tenho a menor dúvida de que acredito na capacidade dos senhores.

 

Segundo um antigo filosofo espanhol chamado Jafudá de Cresques, “somente quem tiver o domínio da revolta poderá enxergar a luz, mesmo que habite na mais completa escuridão”. Sendo assim meus queridos, gostaria de pedí-los para manter a calma durante o Exame. Sei que não será tarefa fácil, mas vocês precisam me prometer isso. Lembrem-se de que o estudo realizado e a tranquilidade na hora da prova será fundamental para a vitória de domingo. Eu acredito em vocês e sei que podem vencer esta primeira batalha. Depois tem tantas outras que logo o sofrimento cairá no esquecimento.

 

Por fim, lembro ainda que não há razão para se apequenarem caso o triunfo não seja vislumbrado agora. De toda sorte, o Exame de Ordem acontece várias vezes por ano e, além disso, a chama deve se manter sempre acesa em nossos corações.

 

No próximo domingo, estarei no local de prova, em Recife, torcendo e orando pelo sucesso de todos. Quando me virem por lá, não serei jornalista ou repórter nem estarei em nome do trabalho apenas. Lá estará um membro da família CERS, um simples aprendiz, que almeja buscar no sorriso da conquista ou na lágrima do desabor, a inspiração maior para contar suas histórias.

 

Ótima sorte, que Deus os abençoe.

 

Joffre Melo – Jornalista do Complexo de Ensino Renato Saraiva e Portal Exame de Ordem

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS