Oratória para concursos - Portal de notícias CERS

Oratória para concursos

Conheça técnicas infalíveis que podem fazer toda a diferença no concurso dos seus sonhos!

Ana Laranjeira
Por:
Atualizado em 11/05/2018 - 15:19
Confira dicas valiosas e melhores sua performance!

Alunos do país inteiro estudam bastante para conseguir a aprovação em concursos públicos. O problema é que muita gente consegue uma excelente nota até que chega uma hora muito importante: a prova oral. Muitos concurseiros perdem a vaga nessa última fase somente porque não dominam as habilidades em comunicação. Por isso, é tão importante não esquecer da oratória para concursos.

No mundo de hoje é raro encontrar uma profissão em que o profissional não precise se comunicar de maneira eficaz. As diversas tarefas ao longo do dia e a escassez do tempo trazem dificuldade de concentração. Assim, é preciso ser objetivo direto e entregar um conteúdo organizado e pertinente.

Além disso, quando falamos de uma arguição oral, o mesmo se aplica. Você precisa trazer a atenção dos julgadores e mostrar que entende. Mais uma frase clássica pode entrar aqui: “não adianta saber, tem que mostrar que sabe”.

 

A importância da oratória para concursos

Para se sair bem em uma prova oral é preciso mais que conteúdo. Nessa situação nós vamos precisar de um equilíbrio entre dois pratos de uma mesma balança. O primeiro é o conteúdo (fundamental para conseguir responder as perguntas). Já o segundo é a forma (a maneira como você vai responder as perguntas).

Espera-se que todos os candidatos que conseguiram chegar nessa última fase tenham bom conteúdo e a oratória, a maneira de se expressar, é que trará o diferencial do candidato. Citei aqui um equilíbrio entre forma e conteúdo, ou seja, um candidato que tenha somente conteúdo e não tenha boa forma tem o discurso chato e monótono. O candidato que tenha somente forma não teria condições de chegar a essa fase. Reitero que a forma de comunicar será o diferencial, aquilo que fará a diferença.

Treino alunos em comunicação há mais de dez anos e posso garantir que dominar as técnicas será um grande diferencial na hora da prova. Aqui traremos dicas importantes para você entender a necessidade de estar preparado para essa fase, que como dizem, “é a última, mas não menos importante”!

 

Técnicas de oratória para concursos

Estruture o seu discurso: não adianta conhecer o tema perguntado se você não conseguir mostrar que sabe, que domina. Pense em uma resposta com início, meio e fim. Organize o pensamento antes de responder e fale com calma. É muito comum observar pessoas muito ansiosas e que, na ânsia de responder logo aquilo que sabem, jogam muitas informações de maneira desordenada e confundem a cabeça dos julgadores. Uma resposta organizada mostra que você sabe o que está dizendo e facilita o entendimento das pessoas, trazendo clareza nas informações e auxiliando no entendimento da mensagem completa.

Olhe nos olhos: Na hora de responder as perguntas você precisa olhar para o seu examinador. Mesmo que isso seja um pouco incômodo no começo, faça de tudo para não fugir com o olhar. Além de demonstrar segurança, você ainda consegue ter o que é chamado de “conexão visual”, isto é, consegue trazer o olhar pra você e, com isso, faz com que ele preste atenção no seu conteúdo. Um bom exemplo de falta de conexão visual é quando você conversa com alguém de óculos escuros. É ruim, não é? Parece que a pessoas não está prestando atenção. Para essa dica mais uma frase pra você guardar: “os olhos são as janelas da alma”.

Fonte: Folha Dirigida

 

CURSO DE ORATÓRIA JURÍDICA E NEGOCIAÇÃO PARA ADVOGADOS 2018 - PROFESSOR GUILHERME MIZIARA/RJ - CERS CORPORATIVO Curso de Oratória Jurídica e Negociação 

Guilherme Miziara é formado em Comunicação Social pela Universidade Estácio de Sá, pós-graduado em Comunicação Empresarial pela Universidade Cândido Mendes e mestrando em Sistemas de Gestão pela UFF (Universidade Federal Fluminense). Professor do CERS – Complexo de Ensino Renato Saraiva, tem diversos cursos na área de Comunicação pelo Ibmec e pela Fundação Getúlio Vargas, curso de negociação pela FGV e trabalha há mais de 10 anos com comunicação e oratória atendendo empresas de grande expressão.

COMENTÁRIOS