"OAB pede que PF apure irregularidade na prova do Exame em Osasco (SP)" - Portal de notícias CERS

“OAB pede que PF apure irregularidade na prova do Exame em Osasco (SP)”

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

“O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil, Ophir Cavalcante, acaba de entregar pessoalmente ao diretor-geral em exercício do Departamento de Polícia Federal, Luiz Pontel de Souza, notícia crime com base em relato recebido da Comissão de Exame de Ordem da OAB de São Paulo, hoje (02) à tarde, envolvendo irregularidade na aplicação da segunda fase da prova prático-profissional de Direito Penal do Exame de Ordem, ocorrida na cidade de Osasco (SP), no último dia 28.  Ophir requereu à PF a apuração urgente dos fatos para as devidas providências pela entidade, “no sentido de resguardar a lisura do certame,  que é compromisso da OAB”.

 

O presidente nacional da OAB solicitou ao Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) – órgão que, em parceira com a OAB, realiza o Exame de Ordem – que instaure imediatamente sindicância para apuração interna da irregularidade relatada pela Comissão de Exame de Ordem da OAB de São Paulo, assim como determinou a abertura de processo administrativo na própria OAB. Ophir determinou também a suspensão  da correção e divulgação dos resultados dessa segunda fase do Exame, até  a deliberação, no próximo domingo (07), do Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB, que  se reúne em Brasília para examinar as medidas que serão adotadas  em relação ao certame.

 

Acompanharam o presidente nacional da OAB na entrega da notícia crime na Polícia Federal, o conselheiro federal da entidade pela Paraíba Walter de Agra Junior, coordenador do Exame Unificado do Conselho Federal da entidade, e o diretor-geral do Cespe/UnB, Ricardo Carmona.”

 

EXTRAÍDO DA FONTE: http://www.oab.org.br/noticia.asp?id=19178 (02/março/2010).

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS