OAB cancela exame em SP por suspeita de fraude - Portal de notícias CERS

OAB cancela exame em SP por suspeita de fraude

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em São Paulo suspendeu na noite de sábado o exame que faria hoje (domingo, dia 09/12) por suspeita de fraude. Mais de 24,8 mil bacharéis de Direito estão inscritos para realizar a prova.
O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cezar Britto, condenou neste domingo a suposta quebra de sigilo das provas do 134º Exame de Ordem de São Paulo. Ele disse que o bacharel em Direito que tenta entrar na profissão a partir de fraude certamente será um advogado a serviço do crime. "Quem ingressa nessa profissão a partir de meios fraudulentos comete dois vícios: ausência de qualificação técnica e falta de ética, sendo este último o mais grave", afirmou.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em São Paulo, Luiz Flávio Borges D”Urso, explicou que um professor de cursinho teria conhecimento de perguntas que constavam nas provas e que, por isso, o exame foi cancelado.

Britto defendeu novamente a realização do Exame de Ordem unificado – hoje integrado por 25 Estados – em São Paulo e em Minas Gerais. "Nossa intenção é que, até o final do ano, tenhamos o Brasil todo integrado, uma vez que Minas Gerais já está em diálogos de integração conosco", disse.

"Consideramos fundamental essa unificação para que haja uma maior segurança nas provas e melhor fiscalização do ensino jurídico brasileiro", completou Britto.

"Não existe ainda um mecanismo que impeça as fraudes, mas temos que dificultar ao máximo a sua ocorrência. Por isso estamos em busca de um exame unificado, nacional e profissionalizado, para dificultar esse tipo de ação ilegal", explicou.

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em São Paulo, disse, por último, que as provas do 134º Exame de Ordem de São Paulo serão remarcadas para janeiro de 2008. A segunda fase do exame, prevista para ser realizada no dia 20 de janeiro, também foi adiada. Segundo a OAB, ainda não estão definidas as novas datas das provas.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS