O que faz um agente de segurança judiciária? - Portal de notícias CERS

O que faz um agente de segurança judiciária?

Ana Laranjeira
Por:
Atualizado em 30/01/2018 - 20:32

segurança-judiciaria-curso-cersO Técnico Judiciário especializado em Segurança Judiciária tem uma atuação ampla e exige aprovação em concurso público. Sua função abrange a segurança institucional de modo geral. Englobando as atividades de proteção a magistrados e demais autoridades, servidores e jurisdicionados que transitam pelo Tribunal, por exemplo.

Atribuições

O Agente de Segurança Judiciária, é necessário nos fóruns e varas do trabalho. Além disso, também nos setores administrativos. Tanto das esferas estadual, quanto federal.

Portanto, entre as funções estão fazer escoltas e acompanhar audiências. Ademais, proteger oficiais de justiça no cumprimento de mandados. Também é função do agente encaminhar partes ou testemunhas às polícias judiciárias. Além disso, acautelar armas de fogo.

Inclusive, a partir da Lei 12.694/2012, que alterou o Estatuto do Desarmamento, os agentes possaram a ter o porte de arma de fogo durante o exercício da função.

Especialização

A atuação dos agentes é voltada para um público interno, o que requer especialização e constante atualização desses servidores e os distingue de quem exerce atividades em órgãos de segurança pública. O aperfeiçoamento constante é uma necessidade do cargo, que inclui o conhecimento das rotinas de trabalho, técnicas operacionais e de defesa pessoal e noções de inteligência em segurança pública.

Os cursos de atualizações também são importantes para fins de gratificação, o que proporciona um aumento no salário desses servidores. O agente e inspetor de segurança judiciária precisa ter conhecimento do Direito Penal, Processual Penal, Segurança Corporativa Estratégica, Estatuto do Desarmamento, Primeiros Socorros e Emergências pré-hospitalares, sempre sob a perspectiva das atividades profissionais que os servidores desenvolvem todos os dias.

 

Você pode se interessar por:

Concursos previstos e abertos em 2018

Como passar em concursos para tribunais

 

COMENTÁRIOS