O novo desafio dos candidatos do XX Exame: a correção das peças! - Portal de notícias CERS

O novo desafio dos candidatos do XX Exame: a correção das peças!

Por:
Atualizado em 23/09/2016 - 15:17

prova-oab-xx-Agora começa a longa espera até a divulgação do resultado preliminar da 2ª fase do XX Exame de Ordem. Será, sem dúvida, o mais longo período de 2016 para todos os que fizeram a prova ontem! E esperar é a pior parte de todas!

E é a pior parte porque não é possível fazer nada: todos vocês agora são passageiros da espera, e não podem fazer rigorosamente nada em função disto. Esse é o período em que a ansiedade ganha sua maior dimensão. Aliás, chegando próximo ao dia do resultado preliminar (11/10) a ansiedade ganha contornos dramáticos. É a pior espera do mundo!

E a grande dúvida é uma só: "será que estão corrigindo a minha prova direito?"

Na prova passada, do XIX, tivemos peças corretas, talvez tendo sido uma das melhores provas neste sentido, mas também tivemos a pior das correções da história da 2ª fase.

E isso repercutiu muito mal, inclusive dentro da própria OAB.

Eu sei que foi exigido uma melhora no nível das correções, e que demandas neste sentido foram realizadas na FGV. Há, a partir daí, a perspectiva de uma melhora.

Depois da 2ª fase do X Exame de Ordem a FGV deu uma melhorada geral no nível do Exame de Ordem, contando aí as duas fases. Foi necessário um exame traumático como aquele para a "ficha cair" e as coisas finalmente tomarem rumo. Mesmo assim no XIX Exame a coisa foi muito feia.

As provas de ontem, no geral, foram muito boas, tanto em termos de identificação das peças como também na parte das questões. Vamos descontar a questão da prova de Civil, com o nítido uso do CPC de 73. Mas, como antecipamos em 1ªmão para vocês, a banca vai aceitar tanto a fundamentação do CPC de 73 como também do Novo CPC:

ATENÇÃO! Gabarito da peça da prova de Civil vai ser aberto!

Prova de empresarial tem o mesmo problema da prova de civil

Nenhum curso preparatório ensinou com base no antigo CPC. Boa parte dos candidatos sequer tinha o antigo CPC em mãos. A abertura do gabarito, neste aspecto, é vital apra evitar uma reprovação em massa de candidatos, e isto por uma falha da própria FGV.

Ainda nesta semana, inclusive, deve ser publicado um comunicado oficializando o que antecipamos aqui.

Dá para contar nos dedos de uma só mão as edições que não deram problemas, e isso contabilizando o tempo em que acompanho a prova, desde bem antes da completa unificação, incluindo aí a questão da correção das peças. Essas sempre geram polêmica.

A atual conjuntura estatística da 2ª fase é a seguinte: Foram, aproximadamente, 110 mil inscrtos na prova do XX Exame. É um númeor baixo, considerando as últimas edições.

Vamos ver quanto inscritos tivemos nas edições mais recentes:

IX Unificado – 118.537 inscritos

X Unificado – 124.887 inscritos

XI Unificado – 101.156 inscritos

XII Unificado – 122.352 inscritos

XIII Unificado – 126.526 inscritos

XIV Unificado – 110.820 inscritos

XV Unificado – sem dados

XVI Unificado – 111.816 inscritos

XVII Unificado – 133.390 inscritos

XVIII Unificado – 124.000 inscritos

XIX Unificado – 128 mil inscritos

XX Unificado – 110 mil inscritos

Tivemos 35.177 candidatos aprovados na 1ª fase. Juntando aos aprovados na 1ª fase os candidatos oriundos da repescagem – 18.498  – tivemos um total de 53.675​ candidatos na 2ª fase! Não sabemos exatamente quantos fizeram a prova ontem e quantos faltaram.

O recorde de candidatos em uma segunda fase ainda pertence ao XV Exame, que teve 70.354 examinandos tentando a sorte.

 

mauricio-gieseler-oabMAURÍCIO GIESELER

Advogado em Brasília (DF), autor do blog Portal Exame de Ordem com foco nas questões que envolvem o Exame Nacional da OAB, divulgando informações e matérias atualizadas, além de editoriais, artigos de opinião e manifestações que dizem respeito ao tema.

Leia mais em: http://blog.portalexamedeordem.com.br/

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS