No Rio, salários baixos desmotivam executivos - Portal de notícias CERS

No Rio, salários baixos desmotivam executivos

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Postado por Ana Laranjeira      
Fonte: G1 | SP

Os baixos salários e a falta de um plano de carreira estão desmotivando os executivos do Rio de Janeiro. Levantamento realizado pela Page Personnel, empresa global de recrutamento especializado em profissionais de suporte à gestão e primeira gerência, mostrou que 51,1% dos entrevistados estão desanimados com os salários oferecidos. Além disso, 48,9% estão desmotivados com a ausência de um plano de carreira.

“Os profissionais do Rio estão investindo na carreira, com educação, idiomas, sistemas e muito trabalho. É natural que busquem reconhecimento financeiro pelo seu esforço”, explica Luis Fernando Martins, gerente executivo da Page Personnel no Rio de Janeiro.

Completam o ranking da insatisfação: falta de treinamento (25%), benefícios inadequados (21,6%), falta de cultura de networking (19,3%), falta de empresas multinacionais (12,5%) e muita competição (11,4%).

A pesquisa foi realizada em janeiro deste ano com 400 profissionais. Participaram do levantamento analistas, coordenadores e gerentes de diversos setores.

Na área de finanças, o maior problema apontado nas oportunidades é a falta de plano de carreira (53,8%). Para os profissionais de vendas, o salário é o maior problema (70%) e para a área de operações, falta de plano de carreira e de treinamento são as maiores preocupações (41,7%).

Apesar do descontentamento, os executivos fluminenses mostraram-se otimistas em relação ao mercado de trabalho. Para 84%, o cenário para procurar um emprego é positivo; por outro lado somente 16% acreditam que a situação não é boa.

Na hora de buscar um emprego, os trabalhadores do Rio indicaram quais características julgam importante. Para 76,1%, o salário e as chances de crescimento aparecem como itens mais importantes para buscar oportunidades. Na sequência estão ambiente de trabalho (60,2%), benefícios (42%), treinamento/ desenvolvimento (39,8%), trabalhar na sua área (28,4%), horário flexível/ feriados prolongados (14,8%) e home office (6,8%).

CLIQUE AQUI E COMECE AGORA A SUA PREPARAÇÃO PARA CONCURSOS!

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS