Mutirões beneficiaram 41 mil pessoas em dois anos - Portal de notícias CERS

Mutirões beneficiaram 41 mil pessoas em dois anos

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Os mutirões carcerários feitos pelo Conselho Nacional de Justiça nos últimos dois anos beneficiaram 41.404 mil pessoas. Foram revistos 156.708 processos. Dentre as pessoas beneficiadas, quase 24 mil foram libertadas. Elas tiveram a pena extinta ou passaram a cumpri-la em regime domiciliar ou sob condicional.

“Encontramos situações muito ruins, mas também bons trabalhos como ações de ressocialização de presos e a regularidade do sistema de execução, como no caso do Acre”, afirma o coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (DMF), juiz Luciano André Losekann.

Para o juiz, os mutirões têm contribuído para o aperfeiçoamento do sistema prisional brasileiro. “Eles mostram a necessidade de manutenção e regularidade do sistema. Com os mutirões, buscamos deixar o sistema prisional mais célere e justo”, diz.

Entretanto, explica, a ideia é que eles sejam uma medida excepcional. Segundo o juiz, a Justiça criminal não tem recebido a devida atenção por parte de alguns tribunais. Ele citou a falta estrutura para a área e a necessidade de se investir na qualificação dos servidores.

Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS