MPT soluciona problema de segurança em barcos rebocadores no Porto de Suape (PE) - Portal de notícias CERS

MPT soluciona problema de segurança em barcos rebocadores no Porto de Suape (PE)

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

A falta de segurança nas plataformas de atração e desatracação dos barcos rebocadores da empresa Saveiros Camuyrano, no Porto de Suape, foi resolvida pelo Ministério Público do Trabalho em Pernambuco em negociação com a empresa, sem necessidade de recorrer a meios judiciais ou administrativos. O problema era a falta de passarelas para o embarque e desembarque dos trabalhadores do tráfego portuário, que eram obrigados a pular dos barcos várias vezes ao dia, com risco de queda no mar.

Ao receber a denúncia, formulada pelo Sindicato dos Trabalhadores Aquaviários em Transporte no Tráfego Portuário nos Estados de Alagoas, Paraíba e Pernambuco (Sindaquav), a procuradora Lívia Arruda convocou a empresa, que demonstrou interesse em atender a reivindicação dos funcionários. “Diante do interesse e empenho da empresa, não foi necessário a propositura de termo de ajustamento de conduta nem ajuizamento de ação, uma vez que a empresa sempre demonstrou abertura para negociação, sanando a irregularidade espontaneamente”.

A solução encontrada pela empresa, depois de duas audiências e após sugestão dos funcionários, foi a instalação de uma escada elevadiça, semelhante a de navios, com o propósito de facilitar a operacionalização. Durante as investigações, houve a colaboração decisiva dos auditores da Superintendência Regional do Trabalho, que fizeram a fiscalização das condições técnicas do local e depois aprovaram a instalação da escada, além do Grupo Móvel da Coordenadoria Nacional do Trabalho Portuário e Aquaviário.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria Regional do Trabalho da 6ª Região (Pernambuco) 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS