Meu amigo concurseiro - Portal de notícias CERS

Meu amigo concurseiro

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Estudar com amigos pode aumentar os picos de felicidade e produtividade

Por Ana Laranjeira

A concurseira recifense S.D., que não quis ter o nome divulgado (com medo dos olhos gordos), estava desenganada. Percebeu, seis meses atrás, que não tinha mais forças para dar continuidade à caminhada de estudos sem alguém para dividir as dores, os sonhos e as conquistas. Foi então que decidiu unir forças a uma grande amiga, também concurseira, para que juntas pudessem servir de apoio e incentivo uma para a outra.

“Estudar sozinha pode virar uma rotina chata para quem se dedica de verdade. Eu me sentia sozinha, precisava mesmo de uma forcinha. Meus dias ficaram muito mais agradáveis”, diz S.D. Ela e a amiga estão na luta por uma vaga na magistratura, mas, enquanto não conseguem aprovação, estudam para os mais diversos concursos da área jurídica. Com ou sem edital, lá estão S.D. e a amiga debruçadas sobre os livros.

As vantagens de estudar com um amigo vão além de ter uma simples companhia. Segundo a nossa personagem, ter alguém ao lado, com o mesmo foco e objetivo, dá ainda mais motivação e confiança para enfrentar as provas. “O conhecimento dela complementa o meu, e vice-versa. Se não entendo algo, ela faz questão de tentar me explicar de forma didática. Isso promove debates entre nós que enriquecem e complementam o que já sabemos. Durante as provas, vez ou outra, a lembrança das nossas conversas me faz ter certeza das respostas corretas”, diz S.D.

Mas não adianta convidar o primeiro amigo que você vir pela frente para compartilhar seu momento de estudo. É preciso ser alguém com responsabilidade. E nos casos em que ambos tentam uma vaga no mesmo concurso, o ideal é que haja amizade verdadeira e uma torcida recíproca pelo sucesso, evitando um sentimento prejudicial de concorrência. O amigo concurseiro tem que ser seu maior incentivador.

“Nas horas do dia em que estou mais cansada, consigo ir além do horário por causa da minha amiga. Vejo que ela ainda tem ânimo e faço aquele esforcinho a mais para acompanhar. Bom para mim e bom para ela!”, completa S.D.

Se você gosta ou pretende estudar com um amigo, o CERS reuniu dicas que podem tornar o seu momento de estudo mais feliz e produtivo:

Conheça seu amigo
Não vale estudar com o amigo apenas visando benefício próprio. Compartilhe, ajude e queira saber sobre os desejos e anseios do seu companheiro de estudos. Antes de começar o dia, talvez seja interessante uma conversa rápida, leve e descontraída, sobre banalidades.

Cada coisa em seu momento   
Se a hora é de meter as caras nos livros, evitem ter um telefone interrompendo o tempo inteiro. Aplicativos de bate-papo e redes sociais devem permanecer no silencioso. Assim, vocês podem manter o foco e construir uma conexão interpessoal mais forte.

Não limite os debates sobre o conteúdo a situações formais  
Você e seu amigo podem debater e conversar sobre o universo dos concursos durante caminhadas, que ajudam a relaxar e ainda permitem discussões mais criativas e abertas. Você pode se impressionar com o resultado dessa atitude no momento de construir ideias e fazer ligações entre os conteúdos estudados.

Vibre junto       
Encare as conquistas do seu companheiro de estudos como suas também. Reconheça os pontos fortes dele e o parabenize por cada passo positivo. Isso trará satisfação e felicidade para ambas as partes.  

Você também pode se interessar pelo seguinte conteúdo:

Não aguento mais estudar! – Revista Edital 15ª edição – Versão PDF

 

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS