Justiça do Trabalho e CNJ firmam acordos de cooperação em TI - Portal de notícias CERS

Justiça do Trabalho e CNJ firmam acordos de cooperação em TI

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

O Conselho Nacional de Justiça, o Conselho Superior da Justiça do Trabalho e o Tribunal Superior do Trabalho assinaram hoje (29) dois acordos de cooperação técnica na área de tecnologia da informação. O primeiro prevê a adoção, pelo CSJT e pelo TST, do sistema de malote eletrônico desenvolvido pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. O outro acordo prevê o estabelecimento de ações estratégicas entre os dois Conselhos visando ao compartilhamento de projetos, sistemas e mão-de-obra. “Isto é apenas um exemplo do que podemos fazer, juntos, para a melhoria dos nossos serviços”, afirmou o presidente do CSJT e do TST, ministro Rider Nogueira de Brito, na assinatura dos convênios. “Temos bons parques de informática e pessoal em grande número e extremamente qualificado. Se nos unirmos para desenvolver tecnologias, poderemos superar muitos obstáculos e tornar nossos serviços muito mais eficientes e muito mais baratos.”

Malote eletrônico

O Sistema Hermes de envio de correspondência por meio de malote eletrônico agiliza a comunicação dos atos processuais e administrativos e contribui para acabar com o trânsito dos processos em papel. Pelo acordo, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte fará a cessão do sistema, já que foi o primeiro a implantá-lo e obter, com ele, uma economia anual de R$ 2 milhões.

Além de econômico, o sistema oferece agilidade e possibilita o envio de cartas precatórias mais rapidamente, sem o perigo de extravios. O TJRN vai ainda compartilhar conhecimentos, informações, bases de dados e soluções de tecnologia, promover intercâmbio de mão-de-obra especializada e desenvolver ações de treinamento.

FONTE
Assessoria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS