Hoje formou a comissão do TRT-RN (a validade termina em junho) - Portal de notícias CERS

Hoje formou a comissão do TRT-RN (a validade termina em junho)

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

texto do TRT-RN

Comissão do Concurso de Servidores aprova proposta
A Comissão do Concurso de Servidores do TRT do Rio Grande do Norte deu mais um passo para a realização do certame. Na manhã desta sexta-feira (14), o presidente da comissão, desembargador José Barbosa Filho, se reuniu com os juízes Dílner Nogueira e Joseane Dantas, a Diretora-Geral do tribunal, Tareja Cristina, e com os demais membros, para finalizar a discussão da proposta técnica enviada pela Fundação Carlos Chagas.
Os membros discutiram alguns detalhes sobre o concurso e aprovaram uma proposta de edital do tribunal, que será encaminhada para análise da fundação. “Fizemos um estudo detalhado, um trabalho muito cuidadoso”, disse José Barbosa Filho, presidente do tribunal e que também está à frente do certame. Segundo ele, a expectativa é que entre o final de maio e início de junho o edital possa ser publicado.
O desembargador também comentou a aprovação pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado, na última quarta-feira (12) do Projeto de Lei que cria novas vagas de servidores na Justiça do Trabalho. Para ele, a colaboração da bancada potiguar foi fundamental. “Quero registrar a colaboração decisiva dos políticos potiguares, como a deputada Sandra Rosado, o deputado Felipe Maia, que foi relator na Câmara, o senador José Agripino, que relatou o projeto no Senado, e a senadora Rosalba Ciarlini que votou a favor. Esse projeto é muito importante para o estado porque abrimos a possibilidade para que essas vagas sejam destinadas às pessoas já aprovadas neste concurso”, explicou.
O projeto agora espera a realização de cinco sessões regimentais para ser votado de forma simbólica e terminativa para, em seguida, obter a sanção presidencial, o que deve acontecer até o mês de junho. De acordo com a proposta serão criados 42 cargos de analista judiciário e 4 cargos de técnico judiciário. Além disso, também está prevista a criação de 4 cargos em comissão e 3 funções comissionadas.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS