Erros mais comuns na preparação para concursos - Portal de notícias CERS

Erros mais comuns na preparação para concursos

Por:
Atualizado em 24/02/2015 - 10:59

Todo concurseiro sabe que os passos até a aprovação não são fáceis. Dependendo da complexidade do cargo e do certame escolhido, as antigas horas de lazer transformam-se em dedicação quase exclusiva aos estudos. 

Evitar, no entanto, alguns obstáculos que podem comprometer a qualidade da preparação não é tão simples. Alguns concurseiros esquecem que o período que antecede os estudos para um certame deve ser marcado por planejamento e organização, garantindo maior eficiência e aproveitamento na preparação. Confira, abaixo, os principais erros durante o estudo para uma seletiva, além de dicas para solucioná-los:

Começar a estudar sem um plano de estudos: toda preparação exige um organização prévia dos conteúdos a serem estudados, dos dias que separam o candidato da prova, dos momentos de revisão e resolução de questões, etc. Isso só é possível através de um cronograma de estudo bem elaborado e de fácil entendimento. Mesmo que, ao longo do caminho, algumas alterações sejam feitas, ter um plano de estudos é essencial para uma preparação eficiente.

Não analisar o edital corretamente: a alegria de encontrar o concurso dos sonhos é a experiência que todo concurseiro quer ter. Na ansiedade do momento, detalhes importantes do edital podem passar, prejudicando, muitas vezes, o entendimento das exigências, a análise dos conteúdos cobrados e os estudos. O edital de abertura é um documento de fundamental para o candidato. É nele que o candidato terá todas as informações da seletiva, e, por isso, deve ser lido com muita atenção e calma. Estar sempre atento às retificações e publicações da instituição do certame também deve ser rotina.

Desorganização: prezar pela organização é uma das principais maneiras de garantir o bom aproveitamento do se tempo de estudos. Seja no ambiente em que você estuda ou até na forma que divide os conteúdos, a organização deve ser uma prática para os concurseiros. Manter a organização influencia diretamente na qualidade com que se absorve a informação.

Desmotivação: é sempre mais fácil desistir do que persistir. Um candidato que tem foco e determinação deve esquecer daquilo que o faz desmotivar, mantendo sempre o foco no seu objetivo, a aprovação. Não ser aprovado de primeira, não significa que o seu esforço não valeu a pena. Aproveitar o conhecimento adquirido e focar nos conteúdos mais complexos é a chave para seguir em frente.

Você pode se interessar por:

ISOLADAS MPT 2015

MAGISTRATURA E MINISTÉRIO PÚBLICO

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS