Edital do INSS deve demorar mais que o previsto - Portal de notícias CERS

Edital do INSS deve demorar mais que o previsto

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Postado por Ana Laranjeira      
Fonte: Correio Braziliense

Os concurseiros que aguardam o próximo concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) devem focar nos estudos e deixar a ansiedade de lado. É que de acordo com a assessoria de imprensa do Ministério da Previdência Social (MPS), o lançamento do edital da seleção que deve oferecer 2.500 vagas para técnicos e médicos peritos vai demorar mais que o previsto pelo ministro Garabaldi Alves Filho. O ministro chegou a anunciar no próprio Twitter que a seleção seria publicada até o final de setembro.

De acordo com os servidores ouvidos pelo CorreioWeb, ainda falta que a autorização dada pelo Ministério do Planejamento seja publicada no Diário Oficial da União. “Além disso, após a publicação dessa autorização, será fixado um prazo para que técnicos dos dois ministérios definam exatamente o número de vagas do concurso, contratem a banca responsável pela elaboração das provas e redijam o edital de abertura”, informou a assessoria de imprensa.

Especula-se que sejam oferecidas 2.000 vagas para técnicos e 500 para médicos peritos. No caso dos assistentes sociais, o ministro Garibaldi Filho informou que os candidatos aprovados no último concurso, realizado em 2009, serão reaproveitados. Na ocasião, a seleção ofereceu 900 vagas para assistentes sociais. A disputa registrada pela Funrio, organizadora da seleção, foi de 48,17 candidatos por vaga. A remuneração inicial para o cargo era de R$ 3.586,26.

No dia 21 de julho, a presidenta Dilma Rousseff autorizou o concurso em caráter excepcional, haja vista que todas as seleções e nomeações estão sendo analisadas friamente pelo Ministério do Planejamento, que tenta aplicar o corte orçamentário e reduzir a gastança com a máquina pública.

Os novos servidores do INSS vão atuar no Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX) do instituto, que prevê a implantação de 720 novas agências da Previdência em cidades brasileiras com mais de 20 mil habitantes que não possuem unidades fixas. Desse total, 71 já foram inauguradas. Até o final de 2014, as demais 649 unidades deverão ser entregues.

Último concurso 
Em 2008 o lançou concurso com 2,3 mil oportunidades para técnicos e analistas. Segundo o edital, a remuneração inicial oferecida era de R$ 1.989,87 e R$ 2.243,78, respectivamente. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) elaborou as provas.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS