Direito Constitucional na contagem regressiva para Receita Federal - Portal de notícias CERS

Direito Constitucional na contagem regressiva para Receita Federal

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Em uma revisão gratuita, o professor Orman Ribeiro revisa os principais tópicos da matéria

Por Ana Laranjeira

Na Contagem Regressiva do CERS, falta apenas 12 dias para as provas do concurso da Receita Federal para o cargo de auditor-fiscal. Portanto, já está no ar mais um vídeo de revisão gratuito para este certame. A disciplina abordada nesta segunda-feira (28) é Direito Constitucional, com o professor Orman Ribeiro.

O objetivo é oferecer um vídeo por dia até o fim de semana da prova, como uma verdadeira Contagem Regressiva. Para acompanhar o projeto basta acessar o site do CERSTV (www.cerstv.com.br) todos os dias da semana (de segunda a sexta), a partir das 10h, e conferir as revisões. E não precisa se preocupar em perder um dia ou outro, nosso arquivo irá guardar tudo para você, caso queira assistir depois.

Clique aqui e acompanhe agora a revisão de Direito Constitucional!

Outros vídeos   
Confira a Contagem Regressiva completa:

Faltam 17 dias! – Língua Portuguesa com Edvaldo Ferreira

Faltam 16 dias! – Legislação Tributária com Ricardo Alexandre

Faltam 15 dias! – Direito Previdenciário com Frederico Amado

Mais sobre o concurso      
O certame oferece 278 vagas de auditor-fiscal. Do total das vagas, 14 são reservadas para pessoas com deficiência. O salário é de R$ 14.965,44. Para participar da seleção, os candidatos devem ter diploma de curso superior concluído em qualquer área, em nível de graduação, devidamente registrado no Ministério da Educação.

As oportunidades são para as unidades centrais da secretaria da Receita Federal em Brasília e nas unidades descentralizadas. A Receita não informou as cidades que abrangem essas unidades.

A seleção terá duas etapas. A primeira compreende prova objetiva de conhecimentos gerais, prova objetiva de conhecimentos específicos e prova discursiva. A segunda etapa será para investigação de vida pregressa, na qual são checadas as informações prestadas pelo candidato e se avalia se ele tem o perfil para assumir a vaga.

O concurso terá validade de 6 meses e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Você também pode se interessar pelo seguinte conteúdo:

 

 

 

Amor concurseiro: Eles se apaixonaram em meio aos livros – Revista Edital 13ª edição – Versão Light

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS