Dia de festa para o serviço público - Portal de notícias CERS

Dia de festa para o serviço público

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Em 1937 o presidente Getúlio Vargas instituía o dia do servidor público para a presente data, 28 de outubro, através da criação do Conselho Federal do Serviço Público Civil. Hoje, 76 anos depois, os quase 7 milhões de servidores públicos do Brasil comemoram o marco e o feriado, que atrai maior atenção de mídia e público pelo fato de acarretar o fechamento ou ponto facultativo de instituições, como centros educacionais e secretarias sociais.

Atuação

Tendo representantes nas esferas municipal, estadual e federal, o serviço público insere-se no cotidiano de todos os quase 200 milhões de brasileiros. Motores da máquina urbana e social atuam em jornadas médias de 40 horas semanais, nas mais diversas áreas, desde as de defesa civil, limpeza urbana e saúde a cargos jurídicos como os de promotor e defensor público.

Comemorações pelo Brasil

Os festejos espalharam-se pelo país. Em Foz do Iguaçu houve encontros comemorativos de sindicatos. Em Alagoas, o governo do estado realiza até quarta (30) uma série de atividades que evocam a importância do servidor público à comunidade. Em Mato Grosso, um almoço marcou a integração dos mais variados segmentos do funcionalismo público no III Encontro dos Servidores do estado e na Paraíba, o Instituto Federal realizou uma série de homenagens aos que contribuem com a manutenção da ordem e o desenvolvimento social da população, sob a alcunha do poder público.

Atualmente os servidores públicos têm outros motivos para comemorar, além do próprio dia 28 de outubro. Segundo estudos do Ministério do Trabalho e IBGE, o salário do funcionalismo público é cerca de 40% maior do que o da média nacional. E de todas as capitais do país, Cuiabá (MT) é a que oferece as melhores gratificações. Se a média do salário pago aos servidores brasileiros é de 4,5 salários (R$ 2.449), na capital mato-grossense este índice sobe para 7,5 salários (R$ 4.081).

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS