Déficit de quase 13 mil servidores no INSS - Portal de notícias CERS

Déficit de quase 13 mil servidores no INSS

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Por Ana Laranjeira

Em entrevista recente, o vice-presidente da Associação Nacional dos Servidores da Previdência e da Seguridade Social (Anasps), Paulo César Régis de Souza, forneceu dados importantes para uma análise real da situação dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Segundo ele, o órgão necessita de concursos periódicos para suprir a falta de cerca de 13 mil servidores.

A carência de servidores tem prejudicado o funcionamento das agências do Plano de Expansão da Rede de Atendimento (PEX) do INSS, e existe um grande número de profissionais aptos à aposentadoria. Conforme afirmou Paulo na entrevista, quase 50% dos 35 mil servidores do INSS se encontram nessa condição.

O sindicalista confirmou o déficit de três mil analistas, cerca de oito mil técnicos e aproximadamente dois mil peritos médicos, e afirmou que as 300 vagas oferecidas no concurso de analista do INSS representam um número irrisório que não será o bastante para suprir as necessidades da Previdência Social.

Pelo problema, Régis culpou a morosidade com que o Ministério do Planejamento tem agido quando o assunto é concurso para a autarquia. “O próprio ministro (da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho) sabe que para a função de analista precisamos, no mínimo, de dez vezes mais esse quantitativo”, observou.

No fim de 2011, início de 2012, o INSS realizou concurso para 1.875 vagas, sendo 1.500 mil para técnico do seguro social e 375 para perito médico previdenciário. Até o momento, foram convocados cerca 3.500 técnicos e 500 peritos. Ainda assim, os últimos certames não conseguiram suprir nem 30% da necessidade de servidores do órgão.

Acreditamos que você pode se interessar pelas diversas isoladas do CERS! Clique AQUI

 

 

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS