Confirmada fraude no concurso da Polícia Rodoviária Federal - Portal de notícias CERS

Confirmada fraude no concurso da Polícia Rodoviária Federal

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Por Ana Laranjeira       
Com informações do Correio Braziliense

A Funrio, organizadora do último concurso da Polícia Rodoviária Federal (PFR), terá que cumprir exigências previstas no contrato pela anulação do certame. A determinação foi prevista após a Advocacia-Geral da União (AGU) comprovar a responsabilidade da organizadora pelas fraudes do concurso.

Em 2009, o Departamento da Polícia Rodoviária Federal (DPRF) contratou a Funrio para organização, recrutamento, seleção e realização do concurso público que preencheria 750 vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal.

Porém, a fundação deixou de cumprir algumas obrigações como entregar modelos de formulários utilizados na seleção, exemplares da prova com gabaritos, relatório de arrecadação de taxas de inscrição, entre outras.

Depois de descobrir várias fraudes no processo, o órgão da Administração rescindiu o contrato e acionou a Justiça. Assim, a Funrio foi condenada ao pagamento de multa no percentual de 5% sobre o valor total das inscrições, corrigida monetariamente e acrescida de juros. A instituição terá, ainda, que pagar a quantia necessária à remuneração dos professores responsáveis por lecionar o curso de formação profissional para os aprovados no concurso. 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS