Condenação do Banco Central por discriminar vigilantes é destaque no "Trabalho Legal" - Portal de notícias CERS

Condenação do Banco Central por discriminar vigilantes é destaque no “Trabalho Legal”

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

No "Trabalho Legal" desta semana você vai saber por que o Banco Central em  Pernambuco não pode mais discriminar vigilantes com restrições de crédito. O Ministério Público do Trabalho em Pernambuco obteve decisão judicial que impede o banco de exigir dos trabalhadores certidões negativas emitidas pelo sistema SPC/Serasa.
 
O procurador do Trabalho Flávio Gondim, responsável pela ação civil pública, nos conta como foram as negociações com a direção local do banco e porque resolveu ingressar com a ação e pedir indenização por dano moral coletivo no valor de R$ 1 milhão.

Uma matéria especial mostra ainda como é o ambiente de trabalho num frigorífico. As imagens foram feitas durante inspeção do Ministério Público do Trabalho num frigorífico de Barretos (SP). Os trabalhadores reclamam que sofrem com dores pelo corpo e não ganham adicional de insalubridade.

E no "Giro pelo Brasil", você vai conhecer duas novas unidades do MPT no interior do País. Matérias mostram como foram as solenidades de inauguração dos Ofícios de Arapiraca (AL) e Colatina (ES).

Transmitido semanalmente pela TV Justiça, o Trabalho Legal vai ao ar toda quarta-feira às 22h30, com reprises no domingo às 18h e na segunda-feira às 16h30min, nos canais Net (em Brasília – canal 10), Sky, (117), Directv, (209) e na Internet, no endereço http://www.tvjustica.gov.br.

O programa também pode ser visto pela TV Cultura do Pará, no sábado às 10h e na TV Comunitária (Cidade Livre), de Brasília, no canal 8 da NET, às quintas-feiras, a partir das 20h, e às terças-feiras, a partir das 14h. No Mato Grosso, pela TV Assembléia, canal fechado 36 e canal aberto 30, e pela TV Universitária, da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), canal 5.

Produzido em parceria pelo Ministério Público do Trabalho e pela Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), o programa Trabalho Legal pode ser veiculado gratuitamente por emissoras de TV, públicas ou não, mediante convênio de cooperação técnica. Mais informações pelo e-mail: trabalholegal@pgt.mpt.gov.br.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria Geral do Trabalho (PGT) 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS