Novo Concurso para cartório do TJ AM define banca - Portal de notícias CERS

Novo Concurso para cartório do TJ AM define banca

O prazo de vigência passará a ser contado a partir do dia 25 de outubro de 2018.

Thaísa Moraes
Por:
Atualizado em 10/09/2018 - 15:03
Fique por dentro do Concurso para Cartório do TJ AM!

A associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg BR) publicou em seu site oficial um novo passo para novo certame. O Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (IESES) será a banca organizadora do concurso para cartório do TJ AM.

Ainda segundo a publicação, a contratação do Ieses será de um ano. O prazo de vigência passará a ser contado a partir do dia 25 de outubro de 2018.

Quer saber o que é melhor? Você já pode iniciar os seus estudos com base no último edital do concurso e se familiarizando com a banca IESES.

 

Sobre a banca IESES

Conhecer o estilo da banca organizadora é um dos pontos mais importantes que todo concurseiro precisa saber. O Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul (IESES) planeja e executa concursos públicos desde 1996. A instituição desenvolve e atualiza seus serviços por meio de investimento e pesquisa. Dentre os últimos concursos realizados pela banca estão o TJ CE e TJ AM, ambos para cartório.

 

Último concurso TJ AM

Quer saber tudo sobre a última seleção? Confira abaixo.

O último Concurso para cartório do TJ AM foi realizado no primeiro semestre de 2018, pelo IESES. A prova objetiva foi aplicada em 22 de abril, na cidade de Manaus, capital do estado. O certame ofereceu 51 vagas, sendo 34 para provimento e 17 para remoção.

Para os dois critérios de ingresso, a seleção teve as seguintes etapas:

– Provas objetiva de seleção

– Prova escrita e prática

– Prova oral

– Prova de títulos.

Na ocasião, foram avaliados os conhecimentos e/ou habilidades técnicas dos candidatos sobre as matérias relacionadas ao cargo de Notário e Oficial de Registro.

Confira abaixo o último edital!

 

Prova objetiva

A prova objetiva de seleção teve 100 questões de múltipla escolha. Confira as disciplinas:

– Direito Notarial e Registral – 45 questões;

– Direito Civil, Direito Empresarial/comercial e Direito Processual Civil – 25 questões;

– Direito Constitucional, Direito Administrativo e Direito Tributário – 15 questões;

– Direito Penal e Direito Processual Penal – 5 questões;

– Normas Especiais – 5 questões;

– Conhecimentos Gerais – 5 questões.

 

Prova Discursiva

A prova discursiva – Escrita e Prática teve 04 questões teóricas.

Cada uma das questões teóricas deveria ser respondida sob forma de dissertação com no mínimo 10 e no máximo 15 linhas, sendo atribuída nota zero à questão, se a resposta não atender ao limite mínimo e, sendo desconsiderado o que ultrapassar o limite máximo

Já a questão prática deveria ser respondida com no mínimo 30 linhas e no máximo 60 linhas, sendo atribuída nota zero à questão.

Por fim, a dissertação deveria ser respondida com no mínimo 20 linhas e no máximo 30 linhas, sendo atribuída nota zero à questão, se a resposta não atender ao limite mínimo e, sendo desconsiderado o que ultrapassar o limite máximo.

 

Preparação

Você está se preparando para concursos públicos? Confira dicas e técnicas valiosas para otimizar seus estudos e sair na frente de outros candidatos.

 

Concurso para cartório do Tribunal de Justiça do Amazonas

Status: Banca definida.

Vagas: Número não definico.

Banca: IESES.

Escolaridade: Nível superior.

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS