Comentário - Direito Constitucional OAB 2010.3 - 2ª Fase por Ana Cláudia Sant Anna - Portal de notícias CERS

Comentário – Direito Constitucional OAB 2010.3 – 2ª Fase por Ana Cláudia Sant Anna

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Considero aprova comparada a primeira feita pela banca bem tranquila , clara e objetiva , ou seja justa como deve ser permitindo que advogados de Excelência possam desfrutar da prosperidade da maravilhosa profissão de advogar. desde já parabenizo a banca pelo equilíbrio da prova e isto que nos equipe de professores da OAB DO COMPLEXO RENATO SARAIVA esperamos. 
A nossa posição e pela manutenção do concurso de forma sábia, justa e equilibrada.
Agora vamos falar direto sobre a prova prática:
1) A peça era claramente um Habeas-data, com fulcro no artigo 5,LXXII, e lei 9507 de 1997.O legitimado ativo era Tício que deveria ser qualificado de acordo com o artigo 282 do CPC, o passivo o MINISTRO DA DEFESA, que garante ao candidato o vocativo da peça , pois o art.105,I,b define que qundo ministro e o coator a competênvia é do STJ.A fundamentação do direito esta principalmente no art. %
2) Questão 2– o artigo 58§3 da CRFB´deve ser respeitado pelas casa legislativas por amparar direito das minorias , dessa forma e norma de reprodução obrigatória onde a casa por norma interna não pode prejudicar as regras nela estabelecidas , cabendo neste caso inclusive um ADI para o STF, pelos legitimados do art.103,ouseja o DIRETORIO REGINAL NAO TEM LEGITIMIDADE, somente PARTIDO POLÌTICO com representação em todo território nacional, com legitimado UNIVERSAL.
3) Questão 3-A lei federal editada fere o art 150,III,B que é considerado pelo STF implicitamente cláusula petrea implicita ,portanto em da unidade constitucional o poder constituinte derivado estava desrespeitando uma limitação material , cabendo assim uma ADI NO STF. O PRINCIPIO DA RESERVA DE PLENARIO GARANTE A DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA , A1,i DA CRFB , PRICIPALMENTE NA DEFESA DE CLÁUSULA PETREA.
4) Questão 4– no caso em tela cabe ADI NA EMENDA POIS O PODER CONSTITUINTE DERIVADO EXTRAPOLOU O PODER DE REFORMA NA EMENDA CONSTITUCIONAL, DESREIPEITANDO A CONDIÇÃO DO VOTO COMO CLÁUSULA PETREA, ART60§4,II,E A LIMITAÇÃO CIRCUNSTANCIAL DO ARTIGO 60§1 , POIS DURANTE INTERVENÇÃO FEDERAL NÃO PODE HAVER MUDANÇA NO TEXTO.ASSIM RESPECTIVAMENTE APRIMEIRA LIMITAÇÃO MATERIAL E ASEGUNDA FORMA , CABENDO ADI PELO PGR , COMO LEGITIMADO UNIVERSAL.
5)qUESTÃO 5-O CONSELHO DE ARQUITETURQ NÃO PODE INGRESSAR COM ADI POR NÃO SR LEGITIMADO NO ART. 103 DA CRFB , SEGUINDO O PRÓPRIO STF, JÁ O CONSELHO FEDERAL DA OAB E LEGITIMADO UNIVERSAL COMO NO ARTIGO 103 DA CRFB , UNIVERSAL ,PODENDO INGRESSAR COM A RESPECTIVA ADI.
 
AMADOS ALUNOS TENHO CETEZA DA NOSSA VITÓRIA, POIS LUTAMOS MUITO E MERECEMOS. CREIAM NA VITORIA E FAÇAM DA SUA PROFISSÃO O SEU SUCESSO!!!! CONTE SUA HISTÓRIA EM UM LIVRO COM INFINITAS PÁGINAS E QUE VOCES POSSAM TER A CERTEZA NO FINAL DO CAMINHO PERCORRIDO COM A SABEDORIA DIVINA . BEIJOS DA PROFESSORA ANA SUPER CABEÇA , MEUS QUERIDOS FILHOS!

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS