Cliente redige peça e se recusa a pagar honorários advocatícios - Portal de notícias CERS

Cliente redige peça e se recusa a pagar honorários advocatícios

Por:
Atualizado em 02/09/2014 - 16:30

Amigos, amigos, negócios à parte. A 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul precisou “meter a colher” em caso que envolvia duas amigas. Uma agente administrativa do Ministério Público, sem direito de advogar por força do concurso, pediu ajuda a uma amiga advogada para conseguir evitar sua remoção para a comarca de Pinheiro Machado. Graças ao acolhimento do Mandado de Segurança impetrado pela advogada, o pedido foi concedido. Porém, no momento de estabelecer os honorários advocatícios, a funcionária do MP se recusou a pagar R$ 6 mil pelos serviços.

Leia matéria completa no Portal Exame de Ordem.

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS