Chambers Latin America lista os melhores escritórios - Portal de notícias CERS

Chambers Latin America lista os melhores escritórios

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Postado por Ana Laranjeira      
Fonte: Revista Consultor Jurídico | Reportagem de Lilian Matsuura

O Brasil é o líder de investimentos na América Latina, impulsionado pela expansão local de empresas nacionais e pela entrada cada vez maior de investidores estrangeiros. De acordo com o Chambers Latin America 2013, esse cenário favoreceu o mercado advocatício brasileiro como um todo. Mas, especialmente, os escritórios médios e pequenos em nichos altamente especializados e sofisticados.

Há cinco anos, a editora inglesa Chambers & Partners pesquisa o mercado de escritórios de advocacia na América Latina. Por meio de entrevistas com advogados e clientes e também com a análise de grandes negócios conduzidos pelas bancas, elenca as mais citadas e conceituadas nos 20 países. O guia é dividido em 33 áreas dentro do Direito Empresarial. A novidade neste ano foi a inclusão da área de Agronegócios.

Entre os escritórios brasileiros mais bem preparados para atender empresas estrangeiras e demandas que envolvam a legislação dos Estados Unidos e do Reino Unido, segundo o levantamento, estão os tradicionais Pinheiro Neto Advogados; Machado, Meyer, Sendacz e Opice; TozziniFreire Advogados; Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados; Barbosa, Müssnich & Aragão; e Souza, Cescon, Barrieu & Flesch Advogados.

No editorial, o guia também deu destaque para escritórios boutique e médios. O Levy & Salomão Advogados, por exemplo, é citado na área de Direito Bancário e Financeiro; Demarest e Almeida em Direito Ambiental e Comércio Internacional. Para disputas envolvendo Direito Imobiliário, recomenda Duarte Garcia, Caselli Guimarães e Terra Advogados e também o PMKA Advogados.

A expansão da infraestrutura no país, com grandes investimentos em estradas, portos, ferrovias, aeroportos, está bem assessorada, na avaliação da Chambers, por escritórios como o Veirano Advogados, que atende o consórcio de Belo Monte, e Arap, Nishi & Uyeda Advogados, banca fundada por antigos diretores jurídicos de construtoras.

Mercado por regiões
A publicação explica para os seus leitores estrangeiros como funciona o mercado de escritórios no país. A maior parte das bancas se concentra no Rio de Janeiro e em São Paulo. Poucas delas têm filiais em outras cidades, que não as duas metrópoles e Brasília, o que criou um forte mercado nas demais capitais do país.

Belo Horizonte é destacada por seu competitivo mercado de escritórios e por um boom nas parcerias público-privadas. O Azevedo Sette Advogados é considerado um pioneiro pelo Chambers.

O sofisticado mercado de fusões e aquisições na região Sul é liderado por três bancas: Carvalho, Machado, Timm & Deffenti Advogados, Lippert Advogados e Martinelli Advocacia Empresarial.

Em Brasília, apesar das filiais dos grandes escritórios, o cenário local é comandado por bancas locais como Advocacia Bettiol e Caputo, Bastos e Fruet Advogados.

No Nordeste, são citados Lima e Falcão Advogados e Queiroz Cavalcanti Advocacia, ambas sediadas em Recife e com representantes em outros estados da região. No Norte, o DD&L Advogados é considerado o principal pela publicação inglesa, por oferecer atendimento full-service para empresas com negócios na Zona Franca de Manaus.

Cisões e fusões        
O último ano teve grandes casos de cisões nos escritórios de advocacia. Um grupo do Tauil & Chequer Advogados deixou a banca para criar o Soares Bumachar Chagas Barros Advogados, enquanto o tradicional Xavier, Bernardes, Bragança Advogados se dividiu em três. A equipe de São Paulo passou a integrar o Motta, Fernandes Rocha Advogados e os advogados do Rio de Janeiro fundaram o Xavier Bragança Advogados. O escritório De Luca, Derenusson, Schuttoff e Azevedo Advogados também nasceu da cisão da banca.

Outra importante mudança no cenário foi a fusão do LO Baptista Advogados Associados com o Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira & Angel Advogados. A banca é formada agora por cerca de 100 advogados.

Grandes escritórios estrangeiros estão expandindo a sua presença no país, como relata o Chambers Latin America: Clifford Chance (da Inglaterra); Skadden, Arps, Slate, Meagher & Flom (EUA); Cleary Gottlieb Steen & Hamilton (EUA); Proskauer Rose (EUA); Simpson Thacher & Bartlett (EUA); e White & Case.

O escritório global Hogan Lovells anunciou um escritório no Rio de Janeiro enquanto o Baker Botts, dos Estados Unidos, também está planejando abrir uma filial na cidade.

Veja a lista com os primeiros colocados nas principais áreas:

 

 

Agronegócios

Lazzarini Moretti Advogados

Ramos, Zuanon e Manassero Advogados

Santos Neto & Montgomery Advogados

 

Direito Bancário e Financeiro

Machado, Meyer, Sendacz e Opice

Pinheiro Guimarães Advogados

Pinheiro Neto Advogados

 

Reestruturação e Recuperação de Empresas

Felsberg, Pedretti e Mannrich Advogados e Consultores Legais

Pinheiro Neto Advogados

Renato Mange Advogados Associados

 

Mercado de Capitais

Lefosse Advogados

Machado, Meyer, Sendacz e Opice

Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados

Pinheiro Guimarães Advogados

Pinheiro Neto Advogados

 

 

Direito da Concorrência

Advocacia José Del Chiaro

60Barbosa, Müssnich & Aragão

Machado, Meyer, Sendacz e Opice

Magalhães, Nery e Dias – Advocacia

Pinheiro Neto Advogados

Sampaio Ferraz Advogados

TozziniFreire Advogados

 

 

 

Fusões e Aquisições

Barbosa, Müssnich & Aragão

Machado, Meyer, Sendacz e Opice

Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados

Pinheiro Neto Advogados

Souza, Cescon, Barrieu & Flesch Advogados

TozziniFreire Advogados

 

Arbitragem

L.O. Baptista, Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira & Agel

Pinheiro Neto Advogados

Sergio Bermudes Advogados

Wald e Associados Advogados

 

 

 

Óleo e Gás

L.O. Baptista, Schmidt, Valois, Miranda, Ferreira & Agel

Tauil & Chequer Advogados in association with Mayer Brown LLP

Veirano Advogados

 

Energia

Advocacia Waltenberg

Ulhôa Canto, Rezende e Guerra Advogados

 

 

Meio Ambiente

Demarest e Almeida

Milaré Advogados

Pinheiro Neto Advogados

TozziniFreire Advogados

 

 

 

Direito do Trabalho

Mallet Advogados Associados

TozziniFreire Advogados

 

 

Direito Tributário

Advocacia Krakowiak

Dias de Souza

Lefosse Advogados

Machado, Meyer, Sendacz e Opice

Mariz De Oliveira e Siqueira Campos Advogados

Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados

Pinheiro Neto Advogados

Ulhôa Canto, Rezende e Guerra Advogados

Xavier Bragança Advogados

 

Direito Imobiliário

Campos Mello Advogados

Duarte Garcia, Caselli Guimarães e Terra Advogados – DGCGT

PMKA Advogados – Pedraza Maximiano Kawasaki Assolini

 

Tecnologia e Telecomunicação

Barretto Ferreira, Kujawski e Brancher (BKBG)

Mundie Advogados

Pinheiro Neto Advogados

 

Contencioso

Andrade & Fichtner Advogados

Ferro, Castro Neves, Daltro & Gomide Advogados

Pinheiro Neto Advogados

Sergio Bermudes Advogados

Wald e Associados Advogados

 

 

Crime de colarinho branco

Andrade & Fichtner Advogados

Ferro, Castro Neves, Daltro & Gomide Advogados

Pinheiro Neto Advogados

Sergio Bermudes Advogados

Wald e Associados Advogados

 

 

Propriedade Intelectual

Dannemann, Siemsen, Bigler & Ipanema Moreira

   

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS