Cai liminar que suspendeu Enem em todo o país - Portal de notícias CERS

Cai liminar que suspendeu Enem em todo o país

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

O presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região, desembargador Luiz Alberto Gurgel de Faria, derrubou a liminar que suspendia o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a pedido do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). Ele entendeu que a suspensão traria transtornos aos organizadores e aos mais de 3 milhões de estudantes que fizeram a prova. As informações são da Agência Brasil.

O Enem foi suspenso na última segunda-feira (8/11), em todo o país, após decisão da Justiça Federal do Ceará. A juíza Karla de Almeida Miranda Maia avaliou que a realização de uma nova prova apenas para os candidatos que se consideram prejudicados beneficiaria o grupo de estudantes. Também haviam sido suspensas a divulgação do gabarito e a criação de um site, por parte do Ministério da Educação, para receber reclamações de candidatos.

No entanto, na decisão do desembargador do TRF-5, a suspensão trará prejuízos não só aos alunos, mas também aos cofres públicos, no valor de R$ 180 milhões, decorrente da contratação da logística necessária para a realização de novas provas.

Faria lembrou que a alteração do cronograma do Enem, em razão da suspensão, repercutiria na realização dos vestibulares promovidos por instituições de ensino superior, uma vez que muitas utilizam as notas do exame para classificar candidatos.

O Enem foi aplicado no último fim de semana a cerca de 3,5 milhões de estudantes. No sábado (6/11), um lote de 21 mil cadernos de prova amarelos apresentaram erro de montagem e não continham todas as 90 questões aplicadas.

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS