C&A é impedida de submeter empregados à jornada excessiva - Portal de notícias CERS

C&A é impedida de submeter empregados à jornada excessiva

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

A loja da C&A em Volta Redonda (RJ) deverá respeitar as normas trabalhistas referentes ao cumprimento de jornada de seus funcionários. A juíza da 3ª Vara do Trabalho do Município, Gláucia Gomes Vergara Lopes, acolheu pedido
do Ministério Público do Trabalho e concedeu liminar para que a loja de departamentos não submeta seus empregados à jornadas excessivas de trabalho.

Segundo o procurador do Ofício de Volta Redonda, Marco Antonio Sevidanes da Matta, o Ministério Público do Trabalho recebeu denúncias referentes à jornada excessiva, repouso semanal não remunerado e comprometimento dos intervalos de descanso dos funcionários. As investigações resultaram na abertura de inquérito civil e, posteriormente, após confirmação dos fatos por auditores fiscais, foi proposta a ação civil pública.

De acordo com a magistrada, "o excesso e a insuficiência de intervalos legais a que são submetidos os empregados da C&A comprometem a integridade física e psíquica dos trabalhadores, aumentando o risco de acidente de trabalho". Em caso de descumprimento, a C&A pagará multa diária de R$ 2 mil por empregado encontrado em situação irregular.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria Regional do Trabalho da 1ª Região (Rio de Janeiro)

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS