Banco do Brasil: dicas para manter a concentração nos estudos - Portal de notícias CERS

Banco do Brasil: dicas para manter a concentração nos estudos

Por:
Atualizado em 29/12/2014 - 20:09

Ainda dá tempo de se inscrever para o concurso do Banco do Brasil e aproveitar a oportunidade para ingressar na carreira pública. O certame oferece 2.499 vagas para cadastro reserva, destinadas ao cargo de escriturário em diversos estados. As inscrições seguem até o dia 19 de janeiro e a prova está marcada para o dia 15 de março. Até lá, é preciso focar nos estudos!

O desafio de se concentrar na preparação para o concurso do Banco do Brasil, por se tratar de um projeto de médio/longo prazo, requer muita disciplina. E a falta de concentração pode ser uma dificuldade para muitos candidatos.

De nada adianta iniciar o estudo com outras demandas desviando o foco. É preciso afastar o pensamento de outras tarefas do dia a dia para o cérebro entender o que é prioridade. Isso costuma ser solucionado a partir da definição precisa dos horários de estudo e a distribuição de matérias que serão estudadas a cada dia. É muito útil elaborar um cronograma com os horários e tarefas diárias, incluindo ainda outras obrigações, os intervalos, e dias livres.

A partir disso, o candidato pode distribuir as disciplinas a serem estudadas, reservando mais tempo para as mais difíceis e menos para aquelas em que tem mais domínio. O planejamento mensal permite traçar metas de médio prazo – equilibradas e possíveis – e observar o aprofundamento do conhecimento em relação a cada conteúdo/disciplina. A cada mês, o candidato deve reexaminar sua situação diante dos conteúdos a serem estudados e ajustar a programação para o mês seguinte.

Por fim, um dos principais vilões da concentração, não só no estudo, é a monotonia. Se o candidato se limita a ler anotações ou livros, a tendência é que o sono apareça ou, no mínimo, os pensamentos percam o foco nos estudos.

O estudo torna-se bem mais interessante e produtivo quando se adota uma postura ativa diante da tarefa. A leitura da teoria seguida – a cada novo ponto – da resolução de exercícios didáticos com consulta àquele assunto facilita a compreensão e a fixação gradativa dos conteúdos, por causa do manuseio das informações.

É importante lembrar que a memorização ocorre a partir da repetição; então, no caso dos concursos, o candidato deverá retornar ao início de cada matéria diversas vezes, sempre que chegar ao fim dos conteúdos. Assim, naturalmente, as informações ficarão guardadas na memória.

Resolução de Questões

Durante o processo de aprendizado resolver questões é bom para identificar como o conteúdo pode ser cobrado na prova. Assim, é possível avaliar o seu desempenho como um todo e identificar em quais disciplinas é preciso reforçar a leitura.

Aproveite e otimize o resultado dos seus estudos com o curso de resolução de questões para o concurso do Banco do Brasil.

E a boa notícia não para por aí! Aproveite o valor promocional de lançamento até o dia 15 de janeiro. Bons estudos!

BANCO DO BRASIL 2015 – RESOLUÇÃO DE QUESTÕES

 

 

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS