Audiência sobre trabalho degradante em engenho de deputado será nesta terça (25) - Portal de notícias CERS

Audiência sobre trabalho degradante em engenho de deputado será nesta terça (25)

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

O juiz da Vara do Trabalho de Palmares, Rogério Freyre Costa, realiza nesta terça-feira (15), às 9h, a audiência relativa à ação civil pública ajuizada pelos procuradores Maria Auxiliadora de Souza e Sá, Renato Saraiva e Débora Tito contra o deputado estadual Marco Barreto (PMN) e o agenciador de mão-de-obra Antônio Wilson da Silva.
 
O deputado é acusado de contratar trabalhadores rurais no setor sucroalcooleiro e submetê-los à condições de trabalho degradante, análogas a de escravo, sem as garantias mínimas de saúde e segurança e sem registro em carteira.Os trabalhadores são transportados em ônibus com quase 30 anos de uso, juntamente com ferramentas cortantes.
 
O engenho Vida Nova, de propriedade do deputado, está situado em Água Preta, na zona da mata pernambucana, local onde houve um acidente de ônibus no dia 12 de fevereiro, que resultou na morte de dois trabalhadores. Outros 31 ficaram feridos. Os trabalhadores rurais cortavam cana clandestinamente no engenho do deputado e estavam se deslocando do Município de Joaquim Nabuco, onde Barreto foi prefeito, em direção ao engenho. 
  
Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria Regional do Trabalho da 6ª Região (Pernambuco)

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS