Ambev se recusa a assinar acordo com MPT e será investigada por assédio moral - Portal de notícias CERS

Ambev se recusa a assinar acordo com MPT e será investigada por assédio moral

Por:
Atualizado em 18/08/2014 - 01:04

Após oito meses de negociação, a Companhia de Bebidas das Américas (Ambev) faltou à audiência de conciliação marcada para esta quinta-feira (3) na Procuradoria Geral do Trabalho (PGT). A reunião fixaria acordo nacional relativo às repetidas condenações por assédio moral contra trabalhadores da empresa. O termo de compromisso estava pronto desde o dia 27 de junho.

Quatro procuradorias regionais do trabalho (PRTs) estavam com procedimentos de investigação suspensos em razão do acordo que se buscava com a empresa. Com a ausência de representantes da Ambev na reunião, o Ministério Público do Trabalho (MPT) entende estar finalizada a solução do conflito sem procedimentos judiciais. No Pará, a PRT já determinou a instauração de inquérito civil para que as apurações de ilegalidades sejam retomadas.

A empresa terá 15 quinze dias para prestar ao MPT local informações sobre empregados da Ambev no Pará. Entre os dados requisitados estão o número de filiais e empregados no Estado, relação de empregados que tiveram contrato de trabalho extinto nos últimos 7 anos e de ações movidas por ex-empregados por assédio moral e acidente de trabalho, além de responsáveis por cobranças relativas a metas de desempenho de cada uma das unidades paraenses da empresa.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Procuradoria Geral do Trabalho (PGT)

Tags relacionadas:

COMENTÁRIOS